OMM

O Presidente da *FRELIMO* e Presidente da República de Moçambique, *Filipe Jacinto Nyusi*, enalteceu o papel activo da Organização da Mulher Moçambicana (OMM), nas acções de resposta aos desastres naturais e outros fenómenos adversos que interferem no processo normal do desenvolvimento do país.

*Filipe Nyusi*, que dirigiu hoje a cerimónia de abertura da II Sessão Ordinária do Conselho Nacional da OMM, que tem lugar na Escola Central da FRELIMO, hoje, 4 de Maio, reconheceu que a veia humanitária desta que é a maior e mais antiga organização feminina em Moçambique, tem vindo a contribuir bastante para o alívio de sofrimento das famílias vítimas das intempéries e da acção dos terroristas que actuam na província de Cabo Delgado.

_”Neste momento em que o país procura se reerguer do impacto dos desastres naturais, com destaque para o ciclone Freddy e das inundações que assolaram quase todas as três regiões de Moçambique, usamos esta ocasião para manifestarmos o nosso sentimento de solidariedade para com as mulheres vítimas deste evento climático e, ao mesmo tempo, saudar a acção da OMM pelo seu envolvimento no amplo movimento humanitário”_, sublinhou o Presidente *Nyusi*.

O Presidente *Filipe Nyusi* lembrou aos participantes que o 12º Congresso da FRELIMO reafirmou o papel decisivo das Organizações Sociais, em especial a OMM, na construção das vitórias do Partido em todas as frentes, uma visão estratégica que tem em vista os próximos desafios eleitorais, nomeadamente as autárquicas agendadas para Outubro deste ano e as gerais marcadas para 2024.

Segundo o Presidente, a *FRELIMO* já traçou a política do povo que deve ser difundida noite e dia. É neste contexto que o dirigente orienta a OMM para que a Sessão faça uma análise franca e aprofundada das questões fundamentais que irão garantir uma vitória acentuada do Partido nas próximas eleições.

Reiterou que a *FRELIMO* continua a colocar a Mulher no topo das suas prioridades de governação e orgulha se pelos níveis alcançados pela OMM no domínio da emancipação, fazendo com que a sociedade ultrapasse as barreiras culturais e sociais que ao longo vários séculos relegavam a mulher a segundo plano.

_”Hoje Moçambique é um dos poucos países no mundo que alcançaram a paridade do género na governação, graças ao trabalho desenvolvido pela OMM neste sentido”_, salientou o Presidente *Filipe Jacinto Nyusi*

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *